quinta-feira, 9 de novembro de 2017

Maxillaria scalariformis

Apesar desta Maxillaria scalariformis, na sua primeira floração, ter apenas uma só flor, dá para ver a sua beleza, tanto nas formas singulares e delicadas, como no colorido pouco comum para este magnífico e sempre diversificado género. Espero que, em próximas florações, estas apareçam em maior número, ao longo de cada caule. A planta é também invulgar, com folhas ligeiramente avermelhadas, dispostas alternadamente ao longo de um caule em forma de cana e relativamente fino e ereto.

Família: Orchidaceae       Género: Maxillaria       Espécie: scalariformis

Habitat natural: É uma espécie epífita, endémica do Panamá, desenvolvendo-se em florestas tropicais de baixa e média altitude.



Cultivo: Está a ser cultivada num vaso médio, em substrato composto por uma mistura de casca de pinheiro média, argila expandida e perlite.
O ambiente de cultivo é temperado quente,  moderadamente sombreado (o ano inteiro), com elevado teor de humidade do ar e boa ventilação.
Rego de forma a manter o substrato sempre húmido, mas evitando os encharcamentos. Poderá secar, por curtos períodos de tempo, entre regas.
Fertilizo uma a duas vezes por semana, com o Akerne Rain Mix, com doses pouco concentradas. Na segunda metade do Outono e no Inverno suspendo as fertilizações. Opcionalmente, poderão ser utilizados outros adubos disponíveis no mercado, sendo sempre necessário e importante ler as instruções dos respetivos rótulos.

Referências bibliográficas: Internet Orchid Species Photo Encyclopedia

http://wcsp.science.kew.org/qsearch.do

2 comentários:

  1. Gostei não somente da morfologia desta planta, mas também da coloração da for. Abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Fico satisfeito que tenha gostado. Para mim também foi uma boa surpresa. Abraço.

      Eliminar