quarta-feira, 7 de maio de 2014

Bulbophyllum falcatum


 
 
Devido aos pormenores minúsculos de cada uma das suas flores, esta é uma das espécies difíceis de fotografar, de forma a destacar o aspeto invulgar e curioso da sua floração. É um dos meus Bulbophyllum preferidos e relativamente fácil de cultivar, desde que as temperaturas não sejam muito baixas no Inverno.
Família: Orchidaceae     Género: Bulbophyllum     Espécie: falcatum
Habitat natural: Esta espécie é proveniente das florestas de baixa altitude da África central e ocidental, onde, normalmente, se desenvolve de forma epífita.
Cultivo: Está cultivada em vaso pequeno, com substrato para epífitas. Exige elevado grau de humidade, com regas e fertilizações regulares ao longo de todo o ano, sendo mais espaçadas no Inverno. Também pode ser cultivada em placa de cortiça, desde que se aumente ainda mais o grau de humidade e a frequência das regas.

10 comentários:

  1. O meu este ano tem cinco haste a caminho!! Vamos ver se os caracóis não se lembram dele!! São lindos e muito peculiares!! Lindas fotos!

    ResponderEliminar
  2. De fato um belo exemplar; a distribuição das flores também é muito curiosa.
    É certo q vc tenha superado a dificuldade de fotografá-la, afinal as fotos ficaram perfeitas!
    Abraço.

    ResponderEliminar
  3. Pequena bailarinas em fileira
    Voltei e preparei um presentinho pra você, venha conferir.
    Tenha um ótimo fim de semana!
    http://eueminhasplantinhas.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Simone, fico sempre muito grato com a sua visita e já tive a oportunidade de ver o seu selinho que está maravilhoso, sendo um enorme sinal do carinho que tem com todos os que frequentam o seu blog.
      Um abraço

      Eliminar
  4. Oi, Américo! Mesmo atrasado, não poderia deixar de elogiar as belíssimas fotografias deste exótico Bulbophyllum. Os pormenores captados são fascinantes e as cores surpreendentes. Parabéns e muito obrigado por compartilhar estas importantes informações de cultivo.

    Um grande abraço!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mais uma vez obrigado Sérgio e fico muito satisfeito por saber que gostou desta publicação, de um género tão surpreendente.
      Um grande abraço

      Eliminar