segunda-feira, 10 de outubro de 2016

Prosthechea radiata

 


A Prosthechea radiata é, na minha opinião, uma das mais belas espécies deste género, sendo também portadora de um  perfume intenso, sentido mesmo à distância. É uma planta de médio porte, com pseudobulbos alongados, de forma elíptica-ovalada, encimados por diversas folhas lanceoladas (geralmente 4). As inflorescências surgem do ápice de cada pseudobulbo, sendo compostas por diversas flores não ressupinadas.
 
Família: Orchidaceae          Género: Prosthechea          Espécie: radiata
 
Habitat natural: Espécie epífita que desenvolve em habitas bastante diversificados, desde florestas tropicais a bosques mistos de pinheiros e carvalhos, em altitudes que podem oscilar entre os 150 e os 2000 metros. É nativa de uma vasta região da América Central e América do Sul, de países como o México, Panamá, Costa Rica, Honduras, Guatemala, Colômbia, Belize e Venezuela.
 
Cultivo: Está cultivada num pequeno vaso, em substrato pra epífitas. Também pode ser cultivada montada num pedaço de madeira ou em cortiça.
Está o ano todo na estufa temperada-quente, em local sombreado mas com boa luminosidade, bem ventilado e com alto teor de humidade.
Rego de forma a manter o substrato sempre húmido, sem nunca encharcar. Se montada, exige maior número de regas. No inverno reduzir drasticamente, regando apenas quando o substrato começa a ficar bastante seco.
Como é habitual com a maioria das orquídeas, aplico 2 a 3 vezes por semana o fertilizante Akerne Rain Mix, com doses de baixa concentração, suspendendo as aplicações durante a segunda metade do Outono e quase todo o Inverno.
 
Referências bibliográficas: Internet Orchid Species Photo Encyclopedia

2 comentários:

  1. Parabéns Américo, uma planta incrível, de florações abundantes e perfume agradabilíssimo! Grande abraço!

    ResponderEliminar