quinta-feira, 16 de julho de 2015

Maxillaria sanderiana 'Black Lip'

 


Esta é uma variedade muito rara e muito bonita da Maxillaria sanderiana, que se destaca pela cor do seu labelo, quase negra, enquanto que na espécie tipo este tem uma cor muito aproximada do branco ou branco amarelado.
Está entre as flores de maior dimensão neste género e entre as mais vistosas, ultrapassando mesmo em tamanho as flores da maioria das Lycaste, género em esteve incluída durante algum tempo.
 
É uma espécie de altitude, do Peru e do Equador, onde se desenvolve de forma terrestre ou litófila, por vezes epífita, nas montanhas, até cerca dos 2500 metros.
 
Como planta de altitude que é, suporta temperaturas baixas no Inverno, podendo ir até perto dos zero graus, mas sem nunca receber geada. No Verão deve ser proporcionado um ambiente o mais fresco possível, sempre em locais bem sombreados. O substrato, à base de uma mistura para epífitas (casca de pinheiro, cortiça, argila expandida, fibra de coco e perlite), deve ser mantido constantemente húmido, mesmo no Inverno.
 
Deverá ser cultivada em cesto suspenso, de média dimensão, sendo uma planta que atinge portes consideráveis e de desenvolvimento rápido.

4 comentários:

  1. Uaaauu...que beleza de maxillaria Américo! Parabéns, se trata de uma planta de rara beleza, como você já havia mencionado! Abraço!

    ResponderEliminar
  2. Olá, parabéns pelo blog!
    Se você puder visite este blog:
    http://www.morgannascimento.blogspot.com.br/
    Obrigado pela atenção

    ResponderEliminar