quarta-feira, 22 de abril de 2015

Vanda luzonica

 
 
 

Primeira floração desta belíssima Vanda, adquirida em 2014, que se adaptou muito bem no meu orquidário, constituindo-se como uma planta em bom desenvolvimento e com uma haste floral que eu não esperava ainda.
Família: Orchidaceae        Género: Vanda       Espécie: luzonica
Habitat natural: Esta é uma espécie de crescimento monopodial e epífita, sendo endémica da ilha de Luzon, nas Filipinas, onde se desenvolve nas florestas de baixa altitude, até cerca de 500 metros.
Cultivo: Como a generalidade das espécies deste género, é cultivada em cesto suspenso, sem qualquer substrato. Está num local da estufa com boa luminosidade, elevado grau de humidade e temperaturas sempre acima dos 13º durante o ano todo. Deve ser regada ou pulverizada quase todos os dias, nas estações mais quentes e secas do ano, com uma  redução significativa  no Inverno. As fertilizações devem ser frequentes, pelo menos duas vezes por semana (adubo Akerne Rain Mix), sempre com doses de baixa concentração.

6 comentários:

  1. Muito bela, Américo. Tem uma suavidade incrível nas flores e naquilo que lhes sustenta! Por fim, a boa quantidade de flores formou um belo espetáculo! Abraço!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado Jalo, pela visita e pelo comentário. Fico muito satisfeito que tenha apreciado esta maravilha.
      Abraço

      Eliminar
  2. Deliciosas fotos de uma linda orquídea. Eu adoro. Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Angel, considero esta uma das mais bonitas do género Vanda, não sendo muito difícil de cultivar.
      Abraço

      Eliminar