sexta-feira, 19 de outubro de 2012

Stanhopea oculata

 
 
Esta é a última espécie do género Stanhopea a florir na minha estufa, este ano de 2012. Apesar de ser uma espécie muito conhecida e relativamente comum em muitas colecções de orquidófilos, para mim, esta é uma das mais belas e aromáticas (aroma de baunilha). Acresce, ainda, a vantagem de ser uma das mais fáceis de cultivar e com florações mais regulares e abundantes.
Família: Orchidaceae
Género: Stanhopea
Espécie: oculata
Habitat natural: Espécie de médio porte,  manifestando-se de forma epífita nos troncos das árvores ou, por vezes, como planta terrestre, em penhascos rochosos, nas florestas húmidas do México e vários outros países da América Central  e do Sul, em altitudes entre os 1000 e os 3000 metros.
Cultivo: Cesto suspenso, com aberturas nas partes laterais e fundo, com substrato próprio para epífitas. Tolera temperaturas relativamente baixas e aprecia ambientes húmidos e com alguma sombra. O substrato nunca deve secar totalmente, regando abundantemente nas estações mais quentes e secas, sem nunca encharcar. Fertilizações regulares na fase de desenvolvimento da planta.

3 comentários:

  1. Muito bonita, só dispenso o perfume a baunilha!! :-)
    (alergia)

    ResponderEliminar
  2. Eu quase a vi florida....e que pena tenho....é muito bonita

    ResponderEliminar